Girl with dog ready for travel for summer vacation

A vontade de viajar sempre viveu com elas, quando tornaram-se mãe, tiveram que adaptar-se para que os pequenos as acompanhassem nas viagens pelo mundo a fora. Hoje elas dedicam um tempo para compartilhar como é viajar com as crianças. No Especial 25, convidamos cinco blogueiras de turismo para nos dar dicas de como viajar melhor com a criançada. As especialistas no assunto são: Halini Saad, Eliane Ceccon, Luciana Misura, Sut-Mie e Flávia Peixoto. Leia e anote todas as dicas para cair no mundo com os pequenos.

 

DESTINOS INTERNACIONAIS PARA IR COM A CRIANÇADA por Halini Saad do Blog Eu viajo com meus filhos.


 

(Foto: arquivo Eu Viajo com Meus Filhos)

(Foto: arquivo Eu Viajo com Meus Filhos)



Dica 01: PUNTA DEL ESTE - Um balneário lindo, super charmoso e badalado. Para as crianças a sugestão é passear pelo deck da Playa Mansa até o Porto de Punta del Este. O ponto alto do passeio são os leões-marinhos que lotam as águas do porto a espera de restinhos dos peixes que os pescadores limpam para vender. Se estiver de carro, não deixe de atravessar a ponte ondulada até La Barra pois pode ser tornar uma verdadeira “aventura” para as crianças menores. Se tiver planos de visitar a Casa Pueblo, em Punta Ballena tenha em mente que apesar de linda não é um passeio muito apropriados para crianças por conta se suas muitas escadas. Visitar uma fazenda uruguaia é uma ótima pedida: cavalgadas, parquinhos, produções de doce de leite, queijo, e um típico churrasco uruguaio, programação que agrada tanto as crianças quanto os adultos. Se for ficar vários dias aproveite para conhecer Montevidéu e Colônia Del Sacramento.

Para saber mais sobre o Uruguai com crianças, acesse o blog: Uruguay com Crianças: Punta Del Este, Montevideo e Colônia Del Sacramento..

 

Dica 02: BUENOS AIRES - Buenos Aires oferece muitas atrações para as famílias com crianças.  Além dos teatros, que sempre têm programação especial para as crianças, tem ainda os museus, as livrarias, os shoppings e os cafés para fazer aquele lanche gostoso. Também é possível aproveitar os dias de céu azul com programas ao ar livre, como parques, praças e o zoológico de Palermo. Nas férias, os teatros oferecem programação especial. Fique de olho nas peças do grupo La Galera Encantada, que tem um teatro pequeno e muito simpático em Palermo Hollywood. Aproveite as tardes para visitar os vários museus da cidade. Para os pequenos, o Museo de los Niños, em Abasto, é imperdível. É uma grande brinquedoteca para brincar de ser gente grande!

Para saber mais sobre o Buenos Aires com crianças, acesse o blog: Buenos Aires com os filhos: tudo o que você precisa saber. / Buenos Aires com criança: dica de quem mora por lá. / Buenos Aires, a primeira vez a gente nunca esquece.

 

Dica 03: SAN DIEGO - San Diego é um destino que oferece programação para todas as idades. A cidade, é mais organizada e mais segura do que Los Angeles e tem o clima mais agradável comparada com São Francisco. O San Diego Zoo é referência de zoológico no mundo. Possui cangurus, coalas, ursos polares e a grande atração: os ursos pandas. O Wild Animal Park, no estilo safári (onde os animais ficam soltos e as pessoas ficam nos carros) é outro passeio imperdível com as crianças. Parques famosos como SeaWorld, Disneyland e o Legoland também estão por lá, o que já garante o sucesso da viagem, e o  Six Flags Magic Mountain faz a alegria das crianças maiores. A cidade possui vários museus, entre eles o Kid City, o Science Center e o New Children Museum, que são exclusivos para crianças. Em downtown não deixe de visitar o museu-navio ancorado.

Para saber mais sobre o San Diego com crianças, acesse o blog: Dicas para as férias de julho com as crianças: San Diego – CA

 

Dica 04: PARIS – Muita gente acha que Paris não é o destino mais child friendly do mundo. Mas se você pensou em ir para lá com as crianças, acredite, não vai faltar opção de diversão. Os passeios tradicionais, como a Torre Eiffel e jardins são sempre bacanas seja qual for a idade e os museus também podem ser muito divertidos. Existem carrosséis em vários cantos da cidade, como no Trocadero e no Hotel de Ville, além de inúmeros parquinhos gratuitos espalhados por toda parte. Paris também tem atrações exclusivas para crianças como o Aquário Tropical e o Cineáqua, o Aquario do Trocadero. O Cité des Enfants, dentro da Cité des Sciences et de l’Industrie, tem atividades para crianças de 2 a 12 anos. O Jardin d’Acclimatation, no Bois de Boulogne, tem diversas atrações para as crianças como: um pequeno parque de diversões, aves, animais da fazenda, ursos, passeio de barco num riozinho, pula-pula, teatro de fantoches, brincadeiras com jatos de água etc. O museu de História Natural fica no Jardin des Plantes, no 5ème Arrondissement, e além de ter um pequeno zoológico, o Ménagerie, ainda tem  a Galeria de Anatomia Comparada e Paleontologia, a Galeria de Mineralogia e Geologia e, a mais interessante, a Grande Galeria da Evolução. Passeio imperdível para toda a família. Tudo isso sem falar na Eurodisney e no Parc Asterix que também são atrações que por si só garantem a alegria da criançada.

Para saber mais sobre Paris com crianças, acesse o blog: Paris com crianças

 

Dica 05: LONDRES - Londres é uma cidade enorme, são 8 milhões de habitantes. O sistema de metrô (underground, overground e trains) circula por 6 “zonas”. Existem atrações, parques e museus, por todos os lados. Alguns dos principais pontos turísticos ficam todos pertos um dos outros na zona 1. Ou seja, bem no centrinho, o que torna possível conhecê-los a pé. Se quiser levar as crianças para ver a troca da guarda no Palácio de Buckingham recomendo chegar pelo menos meia hora antes, pois o local fica bem cheio. Uma caminhada pela Bird’s Walk até a Abadia de Westminster é um belo passeio. De lá a sugestão é a visita ao Parlamento inglês e ao Big Ben. O passeio na London Eye é imperdível, dura meia hora e vale muito a pena porque a vista é maravilhosa. Para evitar a fila compre o ingresso com antecedência. A entrada dá direito a um filminho 4D de 15 minutos. Os leões da Trafalgar Square fazem sucesso com as crianças e valem uma visita. O Hyde Park é destino obrigatório. Dentro dele, o Diana Princess of Wales Memorial Playground é uma ótima opção de parada pois tem um navio encalhado na areia que é diversão garantida para as crianças. O Museu de História Natural e o Museu de Ciências são passeios que as crianças mais curiosas vão adorar. Nos arredores da cidade, ainda tem a Legoland e a Warner Bros. Studio Tour London com a novíssima atração “The Making of Harry Potter” que leva os visitantes aos estúdios e cenários do filme.

Para saber mais sobre Londres com crianças, acesse o blog: Hyde Park e os melhores playgrounds / Caminhada pelos pontos turísticos parte 1Caminhada pelos pontos turísticos parte 2 / Tower Bridge

 

Acompanhe as aventuras do Blog : www.euviajocommeusfilhos.blogspot.com.br

Siga no Twitter: @viajocomfilhos e curta a fan page: www.facebook.com/viajocomfilhos


 

 

FAZENDO A MALA DOS PEQUENOS por Luciana Misura do Blog Colagem.

 

Família Misura na Playa del Carmen no México. (Foto: arquivo Blog Colagem)


No blog da Luciana você pode encontrar uma matéria completa sobre como fazer a mala dos pequenos. Clique aqui.

 

Dica 01: Antes de tudo, umas duas semanas antes da viagem, no máximo: cheque os tamanhos de roupas e sapatos!  É sempre importante ver o que levar pras crianças com uma certa antecedência por um motivo muito simples: elas crescem rápido, e o que você achou que ia levar pode não caber mais no seu filho perto da viagem. Isso é ainda mais importante quando você está viajando para um lugar onde a estação do ano é diferente ou a temperatura do local muito diferente de onde você mora. Não esqueça de verificar se os sapatos ainda servem também.

 

Dica 02: Verifique se o seu lugar de destino tem fraldas, lencinhos, papinhas. Pra quem tem criança pequena é sempre bom checar se será fácil encontrar fraldas, lencinhos, papinhas no local de destino, e mesmo assim sempre é bom levar pelo menos um pacote de cada na mala de mão pra você não ser forçado a ter que procurar assim que chegar (nada pior que chegar tarde da noite em uma cidade estranha, muitas vezes sem falar a língua local e ter que achar uma farmácia aberta pra comprar fralda). Alguns bebês são mais sensíveis a determinadas fraldas, lencinhos e papinhas, então é bom sempre ter uma reserva nesses casos. Compre uma garrafa de água assim que passar pela segurança do aeroporto pra usar com mamadeiras. Calcule papinhas de acordo com as horas de viagem, mesma coisa com as mamadeiras (adicione extra para se prevenir em caso de atrasos). Não esqueça de levar na mala de mão colher, babador e um paninho pra limpar o bebê na mala de mão e um saquinho pra colocar tudo que ficou sujo depois que a criança comer. Para crianças mais velhas, coloque algum lanchinho que não faça muita bagunça (nada muito esfarelento ou melado) e que não estrague facilmente na bolsa, saquinhos tipo ziploc são ótimos pra isso.

 

Dica 03: Pense onde a criança vai dormir, tomar banho, comer. Pense onde a criança vai dormir – o hotel ou outra acomodação oferece berço ou cama extra? Cobram extra por isso? Precisa de reserva? Você vai precisar levar um berço portátil? Se for um bebê, vai levar uma banheira inflável para dar banho ou você consegue dar banho no chuveiro? Se come papinhas ainda, oferecem papinhas feitas no local, papinhas prontas ou você tem que levar? Se usa mamadeira, leve uma esponja especial para lavar mamadeiras (aquela compridinha) e detergente tamanho mini, um paninho pra deixar mamadeiras secando se você não quiser usar uma toalha. Isso tudo é importante pra lavar mamadeira em pia de hotel.

 

Dica 04: Determine os itens favoritos do seu filho, que sejam pequenos e portáteis. Se o seu filho sempre dorme com um bichinho de pelúcia favorito, ou tem um livro preferido que gosta de ler antes de dormir, um cobertor favorito, coloque na mala. É sempre tranquilizante para as crianças ter alguma coisa de casa e da sua rotina em uma viagem, até porque muitas crianças estranham os quartos, camas, do ambiente novo. Brinquedos preferidos pequenos e que não tenham muitas peças, que não sejam barulhentos e de preferência que não precisem de pilhas para funcionar são os ideais. Brinquedinhos barulhentos em um avião vão certamente causar problemas com outros passageiros, e pecinhas pequenas vão parar embaixo do assento bem no momento que não pode tirar o cinto (no carro ou no avião), pode apostar. Pilhas que acabam no meio da viagem são outra fonte de estresse, então se levar, pelo menos tenha pilhas de reserva pra evitar uma choradeira em horas impróprias.

 

Dica 05: Quantas roupas levar e remédios. Claro que varia de criança para criança, e com a idade também. Se o seu filho troca de roupa 3 vezes por dia porque está sempre deixando comida cair na roupa e afins, não vai ser na viagem que ele vai mudar – empacote as 3 mudas de roupa por dia de viagem mais algumas peças extras no caso de acidentes (se uma fralda vazar, criança vomitar durante a viagem, enfim, coisas que acontecem quando você viaja com crianças). Se você vai para um lugar onde pode lavar roupas, dá para cortar o número de itens, claro. Importantíssimo: leve uma roupa extra para você na mala de mão. Se a fralda do seu filho vazar no seu colo ou ele vomitar ou golfar em você, você não vai ter que passar horas com a roupa suja e fedendo. Para crianças que precisam tomar remédios regularmente, levar o remédio em quantidades adequadas para a viagem (e alguns países exigem a receita junto). Mas mesmo que o seu filho não tome um remédio todos os dias, é bom levar algum remédio para febre, um anti-alérgico e um remédio para enjôo na bagagem de mão. Vale lembrar: não leve nenhum remédio que o seu filho nunca tomou, viagem não é uma boa hora pra dar um remédio pela primeira vez e descobrir que a criança tem uma reação. Verifique todas as datas de validade dos remédios antes de sair e se os frascos tem menos de 88ml (3 oz) no caso de mala de mão.

 

Muita coisa dessa lista é obviamente opcional e depende muito de cada criança. Só você sabe o filho que tem e o que realmente vai fazer falta ou não!

 

Acompanhe as aventuras do Blog : www.luciana.misura.org

Siga no Twitter: @lucianamisura e curta a fan page: www.facebook.com.br/colagem

 

 

 

PREPARANDO AS CRIANÇAS ANTES DE VIAJAR por Eliane Ceccon do Blog 1001 Roteirinhos.

 

Pedro, protagonista do 1001 Roteirinhos, procurando seu próximo destino no mapa. (Foto: arquivo 1001 Roteirinhos)

 

Uma dica bem legal para quem vai viajar com crianças é envolver os pequenos nos preparativos da viagem. Mesmo que eles ainda sejam bem pequenos e você acredite que eles não vão guardar ou entender muita coisa, não se engane, eles são sempre mais espertos do que imaginamos!

 

Dica 01: Mostrar imagens do lugar para onde vão viajar. Podem ser fotos de revistas de viagem, internet, cartão postal, o importante é que eles possam imaginar o que vão encontrar. Falar sobre os locais, as atrações , coisas curiosas, se vão brincar em parques, praias, se o hotel tem alguma coisa diferente, tudo que possa aguçar o interesse das crianças.

 

Dica 02: Como eles não têm a idéia de distância e localização, é bem legal mostrar num mapa, ou se for para outro país, no Globo terrestre, para onde vão e como vão – carro, avião, navio, trem. Eles adoram e viajam sem sair do lugar!

 

Dica 03: Contar sobre os hábitos, a língua, alimentação, as tradições do lugar, principalmente das famílias e das crianças, faz com que eles se sintam mais à vontade ao se deparar com uma nova cultura.

 

Dica 04: Procure filmes e desenhos animados em que a história se passe no local. Se o personagem for conhecido e querido, a empatia vai ser imediata.

 

Dica 05: Livrinhos são ótimos para usar antes – para eles irem se familiarizando com o que vão encontrar; durante, para identificarem in loco as imagens e depois, para relembrarem os locais que conheceram depois da viagem.

 

Acompanhe as aventuras do Blog 1001 Roteirinhos: www.1001roteirinhos.com.br

Siga no Twitter: @1001roteirinhos e curta a fan page: www.facebook.com/1001roteirinhos

 

 

 

DICAS PARA VIAJAR DE AVIÃO COM AS CRIANÇAS por Flávia Peixoto do Blog Viajar é Tudo de Bom.

 

Flávia com as gêmeas Letícia e Camila. (Foto: arquivo Viajar é Tudo de Bom)

Camila e Letícia chegando em Porto Seguro. (Foto: arquivo Viajar é Tudo de Bom)

 

Viajar de avião é ao mesmo tempo mágico e cansativo para as crianças. Mágico porque em algumas horas elas estarão em um lugar completamente diferente do que estavam, e que elas estão na expectativa de chegar logo. E cansativo porque o voo pode até ser curto, mas existe o processo anterior de ir para o aeroporto, check in, espera para embarcar, espera para decolar, o próprio voo, pegar mala e sair do aeroporto. Por isso é preciso muita criatividade para distrair os pequenos nessa etapa importante da viagem.

 

 

Dica 01: Faça check in pela web, quando possível,  isso diminui o tempo no aeroporto e vale a pena. Coloque roupa confortável nos pequenos e  de preferência para uns 18 a 20 graus, mesmo que seja verão, o ar condicionado do avião é normalmente forte para as crianças.  Leve também pelo menos uma muda de roupa na mala de mão, não se pode esquecer que são crianças e o avião pode trepidar e entornar uma bebida ou comida.

 

Dica 02: Tente marcar a poltrona: não há uma criança que não curta ficar na janela. E isso ajuda a distrair, mesmo com o avião parado.Ficar no meio do avião não é uma boa escolha quando se está com crianças pois pode dificultar a ida ao banheiro. Algumas companhias aéreas, principalmente em vôos longos, oferecem serviço de bordo diferenciado para crianças, mas é necessário pedir com antecedência de ao menos um dia. Se bem que as chances de as crianças não gostarem da comida é alta por isso dependendo da idade da criança é bom levar uma mamadeira , biscoistos, chocolate ou suco. Embalagens pequenas, que são para lanches da escola, são ótimas para a situação, pois ocupam pouco espaço e dá para  levar uma variedade maior de guloseimas.

 

Dica 03: Uma dor de cabeça, de ouvido ou até mesmo uma febre pode pegar a família de surpresa em pleno avião. Por isso eu costumo levar na bagagem de mão um analgésico que seja antitérmico também, em tamanho pequeno, pois o limite permitido é de 100ml. Termômetro também é essencial!

 

Dica 04: Vai chegar uma hora que eles vão querer brincar no avião e vale a pena levar papel, lápis de cor ou giz de cera, joquinhos eletrônicos ou mesmo de cartas. Para crianças pequenas, vale a pena ir em uma loja de R$1,99 e comprar umas novidades  e ir presenteando ao logo da viagem, a novidade mantém a criança entrertida por mais tempo. Algumas companhias aéreas disponibilizam kits de passatempo para crianças e é só pedir ao comissário. Se o vôo tiver conexão e mais horas de espera, aumente a quantidade de brinquedos. O banheiro do avião é super pequeno e o ideal é evitar ir. Mas claro que em vôos longos isso é impossível, portanto procure levar as crianças no banheiro feminino, quando houver, pois normalmente é o mais limpo. Lenço umedecido é item obrigatório na bagagem de mão: é útil para crianças de todas as idades pois o banheiro não possui ducha higiênica.

 

Dica 05: Um carrinho tipo guarda-chuva pode ser bem útil durante a viagem, no destino, e mais ainda em aeroportos. Cada vez maiores,  para sair de alguns aeroportos levamos mais que 15 minutos andando. Pode ser tranquilo para um adulto, mas para crianças cansadas de uma viagem ou com sono é bem difícil. E eles não precisam ser despachados, são entregues na porta do avião e devolvidos junto com as malas. Procure marcar as malas da família de maneira que sejam achadas mais facilmente e que a espera por elas seja mínima. E a principal dica: encare tudo com muita calma e naturalidade, as crianças acabam sendo contagiadas pelo nervosismo dos pais. Não esqueça que viajar é divertimento!

 

Acompanhe as aventuras do Blog Viajar é Tudo de Bom: www.viajaretudodebom.com.br

Siga no Twitter: @Viajartudodebom e curta a fan page: www.facebook.com/viajaretudodebom

 

 

 

MELHORES LUGARES NO BRASIL PARA VIAJAR COM AS CRIANÇAS por Sut-Mie Guibert do Blog Viajando com Pimpolhos.

 

Sut Mie com as filhas Clara e Nina. (Foto: arquivo Viajando com Pimpolhos)

Clara na Praia do Forte. (Fonte: arquivo do Blog Viajando com Pimpolhos

 

Com o inverno chegando e esse frio que tomou conta do Brasil, nada melhor do que fugir para uma praia no Norte do país! Hoje mesmo, por exemplo, cheguei em Fortaleza, onde li no aeroporto: “Bem-vindo ao Ceará: Terra do Sol”! Isso é tudo o que precisamos, ainda mais em férias com crianças!

 

Dica 01: Um lugar onde tem mar, areia, água calminha e quente é sempre uma boa opção para ir de férias com pimpolhos! E se essa praia tiver um “quê” à mais, melhor ainda! É o caso de Fortaleza, com suas barracas de praia “kids friendly”, o super Beach Park ou Porto de Galinhas, onde é possível ver os arrecifes e dar comida aos peixinhos. A Praia do Forte com seu Projeto Tamar, super interessante para as crianças. A região de Trancoso com o Quadrado de Trancoso tão colorido.

 

Dica 02: O Rio de Janeiro que tem praias, mas também diversos outros atrativos interessantes com crianças, como a Lagoa, o Jardim Botânico e os famosos Cristo Redentor e Pão de Açúcar.

 

Dica 03: O Sul também tem praias lindíssimas, mas esta época do ano não é a mais adequada, à menos que a intenção seja ver as baleias-francas na Praia do Rosa, o que pode ser muito interessante com crianças maiores! Na categoria “viagens-natureza”, ainda tem o destino Foz do Iguaçu, com o Parque das Aves, o Macuco Safári e as próprias cataratas que são emocionantes até para as crianças! Bonito, com toda a sua fauna e flora também vem sendo um destino bastante cobiçado pelas famílias! Já se o estilo for urbano, não há cidade melhor que São Paulo, com seus museus interativos, Parques e restaurantes “kids friendly”. Tudo detalhado no novo Guia São Paulo com crianças, da jornalista Mariana Della Barba.

 

Dica 04: Se a opção for realmente curtir o friozinho, nada melhor do que Gramado e Canela com o Mini Mundo, a Aldeia do Papai Noel, o Alpen Park e lojas de chocolates entre outros atrativos!

 

Dica 05: Como Parque de diversões, o Beach Park já citado, o Rio Quente Resorts em Caldas Novas ou o Beto Carrero World, em outro estilo, em Santa Catarina, são excelentes pedidas. E claro, há muitos hotéis-fazenda em todas as regiões do Brasil, seja na região serrana do Rio de Janeiro, em São Paulo, Minas… Enfim, o Brasil é tão grande e variado que, com suas dimensões continentais, acaba oferecendo um leque enorme de opções para as famílias viajarem! Excelentes opções para quem não quer pegar muitas horas de avião com crianças e em época de dólar alto! ;-)

 

Acompanhe as aventuras do Blog Viajando com Pimpolhos: www.viajandocompimpolhos.wordpress.com

Siga no Twitter: @ViagemPimpolhos e curta a fan page: www.facebook.com/ViajandoComPimpolhos

*Veja todas as matérias do Especial 25 anos Casablanca Turismo.

Leia Mais

Deixe uma resposta

Rua Oswaldo Cruz, 2040 - Aldeota
Fortaleza/CE CEP: 60125-150.
Central de Atendimento: (85)3466.6000
Fax: (85) 3466.6056 CNPJ: 11.828.753/0001-06
Bleez Agência Digital